Naming: 6 dicas preciosas para o processo de criação do nome da sua marca

naming

Você sabe o que é Naming? O processo de naming nada mais é do que o processo de criação do nome de uma marca, etapa super importante dentro do lançamento de qualquer empreendimento. O nome da sua marca, ao lado da identidade visual, tem o papel de transmitir ao mercado toda a essência e propósito do seu negócio.

Quando temos consciência do papel do nome de uma marca conseguimos ter dimensão da importância do processo de naming. Nesse artigo você vai encontrar dicas e informações preciosas sobre essa etapa tão importante dentro do desenvolvimento de um negócio ou produto. O nome é um dos principais responsáveis pela vida de um negócio/produto.

Já reparou que os nomes de algumas marcas não saem da sua cabeça desde o primeiro contato? Ao mesmo tempo que certos nomes são facilmente esquecidos. Existem os nomes de marca que são engraçados, os que possuem duplo sentido, aqueles que nos fazem refletir, os que despertam curiosidade e tantos outros tipos de nome. 

O processo de criação do nome pode ser longo e cansativo ou extremamente rápido: calma, não existe certo ou errado. Também não existe fórmula mágica, mas podemos te ajudar mostrando apontando algumas etapas fundamentais e que com certeza vão te ajudar na realização de um trabalho mais certeiro e que trará bons resultados.

6 etapas para o planejamento de naming

  1. Seja conciso

O nome de uma marca/negócio deve ser, principalmente, objetivo. Além de dar atenção à necessidade de originalidade, você deve cuidar para que o nome desenvolvido seja o mais curto possível e tenha uma escrita simplificada. Nomes curtos e fáceis de escrever facilitam a busca na internet e mídias sociais, por exemplo. Vivemos na era digital e devemos nos preocupar com esses detalhes.

  1. Pronúncia agradável

Um nome fácil de escrever provavelmente será mais fácil de pronunciar também. Quando se trata de naming, a audição é tão importante quanto à fala e a escrita. Dificilmente as pessoas serão capazes de se interessar por algo que elas não conseguem entender ao ouvir. Pense alto: imagine sua marca sendo veiculada em canais de televisão, anúncios em plataformas de streaming e outras formas audíveis de divulgação.

  1. Transmita uma mensagem

Pense no que seu produto tem a oferecer para o público. Pense no mercado em que você está entrando. Como esses dois pontos tão importantes podem se unir no processo de naming? Qual mensagem seu produto passa e como refletir, de alguma forma, no nome da marca? Claro que você não precisa abranger todos os aspectos sentimentais e estratégicos de uma só vez. Isso nem é possível.

O nome deve ter um impacto inicial, mas muito da sua essência e objetivos serão transmitidos também com o auxílio da identidade visual e do conjunto da sua estratégia de marketing.

  1. Seja original

Uma das etapas mais importantes do naming é garantir que o nome escolhido seja único. Quando você já tiver duas ou três opções bem fortes e prontas para serem escolhidas, pesquise e tenha certeza de que já não existe algum produto ou empresa com o mesmo nome.

Essa etapa é indispensável, em primeiro lugar, porque para registrar seu negócio ele precisa de um nome original. Em segundo lugar, se alguém já utiliza o nome que você escolheu, sua marca pode acabar sendo confundida durante uma pesquisa na internet, por exemplo.

  1. Observe o mercado e cuidado com modismos

Olhe em volta e perceba os nomes dos seus concorrentes. Tentar entender como eles pensaram te ajuda a se inspirar e também a não criar nomes muito parecidos com os já existentes. Tente não usar palavras que estão na moda para não correr o risco de se tornar “brega” em um futuro não muito distante.

Cuidado também com as inspirações estrangeiras. Elas podem até render um leque de opções mais variado, mas você deve se lembrar também da importância da facilidade de escrita e pronúncia.

  1. Conte com ajuda profissional

O processo de naming exige cuidado, paciência e muita criatividade. São muitos os pontos que devem ser levados em consideração. Você sabia que existem profissionais especialistas no processo de criação de nome? Pessoas que dedicam seu tempo nessa empreitada e fazem o trabalho de forma estratégica e criativa, pensando sempre em como aplicar o nome ao contexto em que a marca estará inserida.

Seja livre para criar suas próprias etapas de naming

O caminho acima pode ajudar, e muito, no processo de naming do seu novo empreendimento. Apesar disso, como já falamos logo no início, é importante que você saiba que não existe fórmula mágica para criação de nome. Você precisa, acima de qualquer coisa, conhecer seu produto/serviço, saber a essência da sua marca, os impactos que você deseja causar no mercado e quem compõe esse mercado.

Lembrando sempre que os objetivos da criação de nome devem ser sempre reconhecimento e diferenciação. O naming é a sua marca. Ao lado da identidade visual ele é o seu primeiro contato com o público. Tenha em mente que ele deve ser capaz de impactar e te destacar no meio da concorrência.

Naming: 6 dicas preciosas para o processo de criação do nome da sua marca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo